Câmaras técnicas (CT)

A SBRAFH – Gestão 2020-2022, através das Câmaras Técnicas formadas por uma equipe de especialistas com atuação na área e, com o objetivo de  promover a divulgação científica e difundir conhecimento, define implementar as normas de funcionamento descritas abaixo:

  1. As Câmaras técnicas (CT) da SBRAFH funcionarão sob a coordenação de um associado ativo com notável saber na área, indicado pelo Diretor Técnico e nomeado pelo Presidente.
  2. Os associados ativos da Sbrafh poderão se candidatar a membro das CTs, por meio do site da Sbrafh e, serão selecionados pelo Diretor Técnico, conforme o currículo. O candidato deverá comprovar formação ou experiência na área da CT que pretende ingressar.
  3. O trabalho desenvolvido pelas CTs tem caráter voluntário e não remunerado.
  4. A criação de Câmaras Técnicas será autorizada pelo Presidente, podendo ser proposta pela Diretoria ou por  associado ativo, desde que atenda os critérios mínimos para funcionamento.
  5. O número de membros deve ser no mínimo 3 e no máximo 10 especialistas na área.
  6. As CTs devem apresentar um plano de trabalho contemplando:
    1. Nome da Câmara Técnica;
    2. Coordenação;
    3. Membros, área de atuação e instituição;
    4. Justificativa
    5. Produto – definido pela CT, podendo ser manual técnico, protocolo, diretrizes, guia, padrões mínimos, recomendações, tradução de documentos internacionais, cursos ou outros pertinentes à área;
    6. Prazo de entrega.
  7. O critério de reuniões, considerando os meios de comunicação e periodicidade, deve ser definido pelo Coordenador, devendo estar contemplado no plano ou projeto de trabalho
  8. As CTs que não cumprirem o plano proposto, podem ser excluídas ou ter seus  membros substituídos, considerando as demandas da área afim;
  9. As CTs contribuirão para compor a Biblioteca virtual da SBRAFH com material técnico e científico em suas respectivas áreas de atuação.

A implementação será através de um piloto com 4 Câmaras Técnicas expostas a seguir:

Cuidado Farmacêutico ao Paciente Crítico.

Compreende conhecimentos em: avaliação de paciente crítico, reconciliação medicamentosa, análise de prescrição, interações e incompatibilidades medicamentosas, alergias e reações adversas a medicamentos, cálculo e ajuste de dose, plano de cuidado farmacêutico, intervenção farmacêutica, transição do cuidado, evolução farmacêutica, protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas, preparo e utilização de medicamentos, monitorização sérica, indicadores de processo e desfecho.

Cuidado Farmacêutico em Pediatria e Neonatologia

Compreende conhecimentos em: avaliação do paciente pediátrico e neonatal, reconciliação medicamentosa, análise de prescrição, interações e incompatibilidades medicamentosas, alergias e reações adversas a medicamentos, cálculo e ajuste de dose, plano de cuidado farmacêutico, intervenção farmacêutica, transição do cuidado, evolução farmacêutica, protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas, preparo e utilização de medicamentos, monitorização sérica, indicadores de processo e desfecho.

Cuidado Farmacêutico na Segurança do Paciente

Compreende conhecimentos em: farmacovigilância, notificação e análise de incidentes, metas internacionais e suas interfaces com a farmácia hospitalar e o cuidado farmacêutico, disclosure, indicadores de processo e desfecho.

Cuidado Farmacêutico no Controle de Infecção

Compreende conhecimentos em: Gestão de Controle de Infecção Hospitalar, prevenção e controle de infecção relacionada à assistência à saúde, controle de infecção e suas interfaces com a farmácia hospitalar e o cuidado farmacêutico, gestão de antimicrobianos, stewardship program, perfil de resistência microbiológica, PK/PD, protocolos clínicos de profilaxia e tratamento, controle microbiológico da água, validação do processo de limpeza e desinfecção, indicadores de processo e desfecho.

Associado da Sbrafh! Sua contribuição neste projeto é muito importante. Envie sugestões para atendimento@sbrafh.org.br colocando no assunto: Câmaras Técnicas. Desta forma seu contato será direcionado para a Diretoria Técnica.